O Hobbit - RPG

''Um mundo magico, uma jornada inesperada na terra media''

Voltei evento... gracas a acontecimentos un meio exercito Ork se dirije as planices de Roihan todos aqueles que oferecerem ajuda seram recompencados oferecer ajuda no palacio do rei..

    {FP} Misty Cattermole

    Misty C. Cattermole
    Misty C. Cattermole

    Mensagens : 2
    Data de inscrição : 06/07/2013

    {FP} Misty Cattermole Empty {FP} Misty Cattermole

    Mensagem  Misty C. Cattermole em Sab Jul 06, 2013 12:56 pm

    There will always be another mountain
    And I will always want to move it
    Nome Completo: Misty Crawford Cattermole
    Idade: 18 anos
    Raça: Elfa
    Caracteristicas Fisicas: Sou bem pálida, minha pele é fina e lisinha, tenho lábios avermelhados e bochechas levemente coradas. Meus cabelos são ruivos longos e ondulados apenas nas pontas. Meus olhos são de coloração azul turquesa, eles realçam muito devido á minha pele levemente pálida.
    Caracteristicas Psicologicas: Sou a garota mais meiga e delicada que você pode conhecer. Sou capaz de tudo para agradar alguém que amo, todos dizem que sou extremamente protetora. Adoro desafios e não sou muito fã de regras, o que me torna aventureira. Sou muito verdadeira e detesto falsidade; Odeio magoar pessoas a minha volta, e me apego facilmente as pessoas, o que não é uma qualidade ao meu ponto de vista. Sou extremamente impulsiva, ás vezes até bipolar; Possessiva ao extremo, tornando-me até um pouco obsessiva quando estou com ciúmes. Muito orgulhosa, não admito o erro jamais.
    História (alguma coisa interessante que aconteceu com seu personagem): Na tranquila tarde de outuno, numa pequena residência localizada em uma vila desconhecida, encontrava-se a minha pequena família, constituída por quatro elementos. Um homem alto, de cabelos escuros e que tinha orelhas grnades. Aparentemente o meu pai; uma pequena criança com cerca de um ou dois anos de idade, que também possuía os cabelos escuros do meu pai, supostamente meu irmão mais velho; a minha irmã era uma bebê de poucos meses, de lindos olhos esmeralda, deitada num carrinho para bebês de madeira junto de uma bela mulher de cabelos loiros, que demostrava um barriga saliente de grávida, era a minha mãe ainda grávida de mim. Estes, encontravam-se sentados num jardim
    atrás de uma cabana, numa grande coberta azulada estendida na relva, onde sobre ela estava um pequeno cesto de  madeira com poucas mas variadas peças de frutas e uns sanduíches, digamos que estávamos fazendo um piquenique todos juntos.

    * * *
    - Charlotte, tem que dormir um pouco ou irá ficar rabugenta depois. - Falava a minha mãe, Louise, dando carinhos no rosto da minha irmã para fechar os olhinhos.
    Ela claro que não entendia bem o que a minha mãe queria, mas gostava dos gestos de carinho da minha mãe. Depois, Louise virou-se para o meu pai, Charlie, que estava a brincar com o meu irmão, Leonard. Ele já andava e tentava correr até ao meu pai, mas a com peso de preocupação, a minha mamãe falou:
    - Charlie, toma cuidado com o Leonard, ele pode cair ao tentar correr.
    - Não se preocupe Louise, eu estou vigiando-o. - Respondeu com um sorriso caloroso para Louise.
    - Está bem. - Virou-se novamente para Charlotte, que finalmente já tinha adormecido. Ficou ali a ver a filha a dormir, quando percebeu que a coberta molhada de... sangue vindo de si. Fortes dores da gravidez, atordoou-a fazendo-a cair desmaiada sobre a coberta cheia de sangue.
    Leonard estava distraído a brincar com o Charlie, quando encontrou uma pequena flor e mostrou-a ao pai.
    - Oha papai, fôr pá mamãe. - Tentou disser as palavras que já sabia, "Olha papai, uma flor para a mamãe".
    - É linda, vai lá entrega-la á mamãe. - Falou, indicando para o local onde a mulher se encontrava, onde por um instante viu horrorizado a mulher estendida em sangue.
    - Louise! - Gritou, onde largou todo e foi ao socorro dela. - Por Merlin, Louise, por favor acorda! Meu amor, por favor..!
    Charlie colocou a cabeça de Louise sobre si, fazia de tudo para a acordar. Então, pegou nela, levando-a para dentro de casa, seguiu para a sala dos Crawford's e deitou-a num sofá. Via que Louise estava a perder muito sangue, então pegou o tênis e correu até os curandeiros mais próximos, que atenderam prontamente ao chamado e foram ao socorro dela.

    - Aguente meu amor, já chamei ajuda... Não podemos perder a bebê. -  Deu um beijo na testa de Louise e pegou o pergaminho e escreveu uma carta para a mãe, entregou para a coruja. Era a poucos km dali, a pequena moradia da mãe.

    * * *


    Mas graças a Merlin, ás 22:13 horas do dia 18 de Outubro eu nasci. Os médicos esperaram que eu começasse a chorar antes de cortarem o cordão umbilical, quando chorei, abri os meus pequenos olhos, eram de um verde cristalino, eu estava muito frágil e fui levada para outro centro de curandeiros.

    A minha mãe foi levada logo depois do meu nascimento para a sala de urgências onde foi operada, mas não conseguiram salva-la a tempo, e faleceu.
    Comigo não teve a mesma sorte, levaram-me para o hospital de St. Mary, onde tive de ficar lá um mês e meio até me desenvolver.
    Assim depois desse drama todo, deram-me o nome de "Misty", em homenagem á minha avó Misty.

    * * *
    Agora, cá estou eu, para poder continuar a contar a história da minha vida...
    Item especial (arma, objeto): Meu arco-e-flecha.
    Avatar: Emma Stone
    Distribuir 10 pontos em:

    Força 2
    Inteligência (Conhecimento de Magia)2
    Constituição (Pontos de vida iniciais)2
    Destreza (Agilidade e Velocidade)4

    Escolher a classe entre:
    Aprendiz: classe base para arqueiros (armas a distancia em geral)
    Característica principal:destreza


      Data/hora atual: Sab Ago 24, 2019 12:34 am